a dignidade da diferença
29 de Março de 2009

 

 

Eis uma excepcional gravação de Elina Garanča, a famosa (e lindíssima) mezzo-soprano da Letónia que, como demonstra neste magnífico registo, vive em autêntico «estado de graça».

Com uma extensão vocal invulgar aliada a um timbre belíssimo, colorido e harmonioso, Elina Garanča traduz todos esses elementos num canto nobre e expressivo, acrescido por uma mais-valia essencial: uma espessura dramática avassaladora capaz de emocionar o coração mais empedernido.

Neste disco, canta-se um conjunto de árias (e algumas cenas completas) de óperas menos divulgadas de Donizetti, Bellini e Rossini. Num registo vocal simultaneamente doce e dramático, Elina liberta-se das amarras tradicionais e, num gesto criativo de majestosa liberdade, atravessa, literalmente, a atmosfera num vôo picado estonteante, como se de um falcão de tratasse.

A mezzo-soprano é acompanhada pela orquestra do Teatro Comunale de Bolonha que, sob a magnífica orientação de Roberto Abbado, consegue oferecer-nos uma demonstração veemente do total domínio que exerce sobre esta forma de expressão artística, numa interpretação enriquecida com pequenos mas preciosos detalhes sonoros.

Uma obra memorável que vai ser, quase de certeza, um dos grandes discos do ano.

 

Dopo l'oscuro nembo (Adelson e Salvini, de Bellini)

 

publicado por adignidadedadiferenca às 02:05 link do post
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
posts recentes

A nobreza do Bel Canto

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que bom é procurar sempre. ...
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
blogs SAPO