a dignidade da diferença
17 de Agosto de 2008

 

Poème électronique - Edgard Varèse (1958)

 

E como este é, essencialmente, um blog sobre música, aqui fica um pequeno documentário sobre a colaboração de Le Corbusier com o compositor Edgard Varèse, o célebre «Poème électronique» que Varèse apresentou no Pavilhão Phillips - concebido pelo arquitecto - na Exposição Mundial de Bruxelas em 1958.

 

 

publicado por adignidadedadiferenca às 23:40 link do post
17 de Agosto de 2008

 

 

A propósito da exposição que o Museu Colecção Berardo trouxe de 19 de Maio a 17 de Agosto (foi hoje, portanto, o último dia) sobre Le Corbusier, por muitos considerado um dos mais importantes arquitectos do século XX, deixo aqui uma pequena recordação de obras da sua autoria.

Le Corbusier (de seu verdadeiro nome Charles-Édouard Jeanneret-Gris) nasceu em 1887 em La Chaux-de-Fonds, na Suíça, vindo a naturalizar-se, mais tarde, francês.Foi arquitecto, pintor, designer, escritor urbanista e coleccionador. Muito resumidamente, merecem destaque duas ou três coisas: Estuda arte aplicada em La Chaux-de-Fonds, onde constrói as suas primeiras obras, completando a sua formação viajando pela Europa.

 

Entusiasma-se com as construções e as paisagens mediterrâneas, funda, no ano de 1918, em Paris, o «purismo» com Amédée Ozefant – onde desaprova o cubismo e opta pelo rigoroso desenho do objecto. As suas ideias sobre arquitectura e urbanismo modernos são divulgadas na revista «L’Esprit Nouveau». Faz imensos estudos urbanísticos pelos quatro cantos do mundo (desde Moscovo até à América do Sul, não esquecendo o norte de África e a Índia) e é, ainda, participante activo nos Congressos Internacionais de Arquitectura Moderna. Faleceu em 1965.

 

A exposição que se viu no Centro Cultural de Belém é do Vitra Design Museum, em colaboração com o Royal Institute of British Architects e o Netherlands Architecture Institute. Intitulada «Arte da Arquitectura», a exposição dividiu-se em três módulos autónomos: «Contextos», «Privacidade e publicidade» e «Arte construída» - testemunhando, como complemento, o encontro do fotógrafo Lucien Hervé com Le Corbusier -, que, de forma extremamente feliz, sintetizam as várias caras desta extraordinária personalidade.

 

 

Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
posts recentes

Le Corbusier 2

Le Corbusier

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que bom é procurar sempre. ...
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
blogs SAPO