a dignidade da diferença
13 de Setembro de 2009

 

 

O pianista francês Alain Planès consegue neste disco, de forma admirável, mostrar cada detalhe da riquíssima gama de emoções que alimentam majestosamente as quatro últimas sonatas para piano de Haydn.

Servindo-se do seu virtuosismo técnico somente como ferramenta para melhor exprimir as emoções e o fraseado do genial compositor, Planès oferece-nos todo o esplendor, complexidade e carácter visionário das peças musicais que interpreta, desdobrando-se com notável savoir-faire entre momentos de indisfarçável tensão, pequenas miniaturas épicas, variedade tímbrica e melódica, ou magníficos esboços de lirismo no meio da tempestade.

Uma gravação intensa e inesgotável que merece todas as aclamações.

 

publicado por adignidadedadiferenca às 21:21 link do post
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
27
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
blogs SAPO