a dignidade da diferença
24 de Março de 2009

 

Tem havido por aí muita (e justa) indignação pelas palavras ditas por Sua Santidade, o Papa Bento XVI, sobre a utilização do preservativo.

Concordo absolutamente com a indignação e sou favorável, naturalmente, a que a mesma se traduza em textos críticos que sirvam para alertar os mais incautos. Agora, não me tentem convencer que as afirmações de Ratzinger são uma surpresa.

É óbvio que considerar que «o uso do preservativo não resolve o problema da Sida, antes pelo contrário» só tem cabimento na mente de um anormal ou irresponsável, mas não era isso, mais palavra menos palavra, que o anterior Papa – o também hipócrita João Paulo II – dizia há 19 anos na Tanzânia? Talvez as pessoas já se tenham esquecido, mas não deviam. Foi naquele país (que, na altura, iniciara uma campanha pelo uso do preservativo como forma de prevenção da SIDA) que João Paulo II condenou oficialmente o uso daquele método contraceptivo a favor de uma «sexualidade consciente».

 

Atitude semelhante aconteceu com o caso do aborto da menina brasileira de 9 anos, quando Bento XVI defendeu e confirmou a excomunhão contra a mãe e os médicos que  procederam ao aborto da menina engravidada e violada pelo padrasto – claro que, para a Santa Sé, pessoas como o padrasto têm sempre o seu lugar reservado nas orações e no seio da Igreja Católica.

Mas não era João Paulo II que, em plena guerra dos balcãs, defendia que as mulheres vítimas das maiores atrocidades, e que foram repetidamente violadas e engravidadas por soldados criminosos e irracionais, deviam dar à luz os frutos concebidos naquelas atrocidades e amá-los infinitamente? Isto só pode ser imaginável e aceitável na cabeça de outro anormal, claro.

 

A história repetiu-se e há-de repetir-se num futuro próximo ou longínquo, porque quem manda na Igreja – salvo as cada vez mais raras e honrosas excepções - é uma casta de gente hipócrita, criminosa, perversa e indecente que se «fecha» num retiro de vergonhoso fausto e riqueza e não se preocupa, nem um pouco, com aqueles que sofrem e vivem na maior pobreza, e que o Deus em que eles, obviamente, não acreditam, ensinou a ajudar.

Felizmente, os melhores exemplos vêm de dentro e, entre os católicos, muito poucos serão aqueles que ainda seguem a «doutrina» do Papa e dos seus acólitos.

Pela indignação, sempre! Surpreendido? Não. Mas, como já dizia Adriano Moreira (num momento de notável lucidez): os portugueses surpreendem-se sempre com aquilo que já estão à espera...

 

publicado por adignidadedadiferenca às 13:24 link do post
e que o Deus em que eles, obviamente, não acreditam

ai acreditam, acreditam! aliás, aí é que reside grande parte do problema
ana cristina leonardo a 24 de Março de 2009 às 18:15
Se acreditam, Ana, então não aprenderam nada do que Ele lhes ensinou... P.S. Pronto! Ponho-me a ler os vossos blogs "subsersivos", por causa deles fiquei com vontade de regressar à "luta armada" e, claro, já estou envolvido em polémica.:)
Houve um momento em que, admito, cheguei a ter certas esperanças sobre o actual papa. Foi na altura da polémica sobre a conferência proferida na universidade de Ratisbona ; quando tive acesso ao discurso integral do papa, pareceu-me ser, fundamentalmente, uma defesa da racionalidade (e, neste sentido, adequado ao contexto da 'universitas...'). Agradou-me bastante o que li então; era, no entanto, optimismo a mais da minha parte. À luz do discurso que o papa proferiu naquela ocasião, talvez o problema da igreja católica seja o de querer impor uma "certa" racionalidade...
Ana a 24 de Março de 2009 às 23:06
A mim, parece-me é que ele - como o anterior - defende uma moral totalmente irracional nos tempos que correm. Como se viu, aliás, quando levantou a excomunhão do arcebisto nazi Williamson. Mas eu já sou pessimista por natureza. Agora vou ali pesquisar o disco que a Ana sugere no seu último "post" e já venho.
escolheste uma linda foto de Sua Santidade.... o homem está com um olhar que parece que a qualquer momento o vão enfiar num colete de forças....eheh
GRANDE ABRAÇO
Anónimo a 26 de Março de 2009 às 21:49
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
17
20
21
23
25
26
27
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa noite,Ainda tem o DVD do documentário Tristeza...
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa tarde,Sabe como posso contactar o autor deste ...
Boa tarde,Confirmo o meu interesse no DVD Tristeza...
Boa tarde,Ainda tem o DVD do documentário Tristeza...
Caro Rui Gonçalves,Venho por este meio solicitar q...
Bom dia,Confirmo o meu interesse no DVD Tristeza e...
blogs SAPO