a dignidade da diferença
12 de Outubro de 2010

 

 

Tommy Beecham sugeriu a Michael Powell e Emeric Pressburger que fizessem The Tales of Hoffmann, adaptação da ópera homónima de Offenbach, encarregando-os de realizar um musical, no qual participou a mesma equipa de Red Shoes. O filme, realizado em 1951, ficou pronto ao fim de nove semanas. Recentemente, a Divisa, numa opção feliz, disponibilizou esta obra-prima no mercado do DVD.

O resultado visível é um deslumbrante preciosismo de estilo envolto num sumptuoso technicolor em puríssimo estado de graça. Mas não só, a dupla, responsável pelo melhor que o cinema britânico nos trouxe até hoje, constrói um espectáculo esplêndido, assente na ópera, no teatro, no ballet e no cinema, filtrados por um apurado sentido estético (ou plástico) e influenciado pela sua visão moderna (à época) das mais variadas expressões artísticas. Filme de sonhos, filme de fantasia, The Tales of Hoffmann transmite-nos ainda, o que não é pouco, uma cornucópia de sentimentos e emoções que transcende o mero deleite visual.

 

 

publicado por adignidadedadiferenca às 23:15 link do post
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
18
20
21
22
24
25
27
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que bom é procurar sempre. ...
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
blogs SAPO