a dignidade da diferença
23 de Junho de 2010

 

 

«Os Anéis de Saturno começa como o diário de uma viagem a pé ao longo da costa de East Anglia. De lowestoft a Southwold e Bungay, a história do próprio Sebald torna-se o fio condutor de evocações de pessoas e culturas do passado e do presente: Chateaubriand, Thomas Browne, Swinburne e Conrad, frotas de pesca, caveiras e bichos da seda. Como todos os outros títulos de Sebald, este é um livro impossível de classificar, sendo ao mesmo tempo diário de viagem e ficção, autobiografia e enciclopédia. W. G. Sebald explora aqui o universo que o homem pensou e construiu, desde a noite dos tempos, para se dedicar hoje a destruí-lo».

 

Texto "arrancado" da contracapa do livro.

 

Para quê mais palavras? As que ali estão são exactas e definem com rigor o universo introspectivo, solenemente reflexivo, e, por vezes, denso, do autor. Um objecto difícil mas longe de ser inacessível, onde o autor jamais perde o sentido de orientação. Dito de outra forma: um livro extraordinário escrito numa linguagem ecléctica que procura um discurso autobiográfico e com claros cambiantes evocativos. Sebald olha para o mundo de forma descrente, numa visão crepuscular feita sobretudo de recordações. Uma escrita rara e admirável. 

publicado por adignidadedadiferenca às 23:26 link do post
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
19
21
22
24
25
26
27
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
blogs SAPO