a dignidade da diferença
04 de Abril de 2010

 

E quando eu pensava que já tudo, mas tudo mesmo, tinha acontecido neste país, eis que leio esta notícia no Expresso desta semana:

 

Entretanto, o fundador do BPP, João Rendeiro, entrou de novo em cena e está a ajudar um grupo de clientes a formar uma associação para entrar com acções contra o Estado e o BdP. Sob Rendeiro recaem suspeitas de ilícitos criminais, como fraude fiscal, falsificação de contabilidade e branqueamento de capitais, tendo sido constituído arguido pelo Ministério Público. E embora este grupo de clientes reconheça que foi lesado por má gestão do BPP, Rendeiro tornou-se um aliado. (…) A Associação de Defesa dos Direitos dos Aforradores (ADDA), a que Ângela Soares vai presidir, “está a ser constituída por um grupo de advogados de Coimbra indicados por João Rendeiro”. (…) Mas há contrapartidas: “Não vamos colocar acções contra ele (João Rendeiro). Há muitos clientes sem dinheiro e a equipa disponibilizada por Rendeiro, embora paga pelos clientes, oferece condições muito especiais”. Não ignora o facto de ter sido” lesada por má gestão do BPP”, mas diz que “quando o Estado e BdP colocaram a mão no banco agravaram a situação e por isso são os nossos alvos”.

 

 

“Oferece condições muito especiais” - Onde é que eu já ouvi esta história? Com esta “aliança” prova-se mais uma vez que o mundo dá muitas e inacreditáveis voltas. E depois esta gente queixa-se de quê?!

publicado por adignidadedadiferenca às 23:58 link do post
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
21
22
24
26
27
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que bom é procurar sempre. ...
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
blogs SAPO