a dignidade da diferença
20 de Junho de 2010

 

Mas, assim de repente, parece-me que dificilmente não será o disco português do ano. E nem precisaram de arriscar muito. Bastou que fossem iguais a si próprios, pois o vendaval estético dos Pop Dell'Arte ainda está a anos-luz da concorrência nacional. Uma espécie de música pop-dirty-dance-luso-qualquer coisa p'ra lá da fronteira.

E, volto a insistir, não foi sequer necessário carregar demasiado na tecla da inovação para ser, até ver, uma obra belíssima. Um futuro clássico. Avanti Pop Dell'Arte!

 

publicado por adignidadedadiferenca às 19:29 link do post
Ola visita o meu Blog.. Amanha à noite vamos ter uma grande surpresa espero que participes nela.

http://tvuniverso.blogs.sapo.pt/

Comentaa :=)
bvale a 22 de Junho de 2010 às 16:43
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
19
21
22
24
25
26
27
29
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
Pelo tema, enquadra-se nela sem grande esforço...
Fausto n e da tetralogia. Mas dolce. Q trata do du...
Parece-me uma boa escolha. O som é bom e a qualida...
blogs SAPO