a dignidade da diferença
05 de Maio de 2009

 

 

Com a merecida vénia ao Provas de Contacto - sem o qual nunca me passaria pela cabeça ir à descoberta de um autor que era, para mim, totalmente desconhecido -, apetece-me registar aqui o meu total espanto e fascínio por uma pequena mas admirável obra do compositor romântico francês Ernest Chausson (1855-1899); o inesquecível Poème (para violino e orquestra), interpretado pelo violinista Itzhak Perlman e pela Orquestra Filarmónica de Nova Iorque dirigida por Zubin Mehta.

Trata-se de um magnífico poema de amor, simultaneamente enigmático e cheio de fantasia, onde o violino ocupa, de facto, o papel principal, transmitindo - a quem o escuta - uma sensibilidade docemente melancólica e vagamente estática, intervindo a orquestra, numa combinação mais-do-que-perfeita, para tornar o som (e o volume?) mais espesso e dar-lhe uma textura mais robusta, mantendo uma inacreditável sensação de estarmos a escutar sempre pela primeira vez uma obra contemplativa e profundamente contemporânea.

Não teve, aparentemente, ascendência nem gerou descendência. Apenas sublime e de lugar nenhum.

 

Fiquem com este pequeno excerto numa outra versão disponível no YouTube.

 

 

publicado por adignidadedadiferenca às 23:57 link do post
Caro Rui
Desconheço em absoluto.Quero comprar.o CD da foto é o objecto do seu texto? parece ser a Chicago...dirigida por Daniel Baremboim.
Manuel Carvalho a 8 de Maio de 2009 às 14:10
A dificuldade em descobrir o cd é mesmo essa. É que o "Poème" de Chausson passa quase despercebido. Mas o disco é este. Um abraço.
Também ainda não descobri o disco com direcção do Zubin Metha. No Tubo há umas quantas versões mas nenhuma é essa.
João Lisboa a 10 de Maio de 2009 às 21:53
Aliás, Mehta.
João Lisboa a 10 de Maio de 2009 às 21:54
Encontrei-o na Fnac do Chiado a 10/11 euros.
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
18
19
22
23
24
26
28
29
30
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
Pelo tema, enquadra-se nela sem grande esforço...
Fausto n e da tetralogia. Mas dolce. Q trata do du...
Parece-me uma boa escolha. O som é bom e a qualida...
blogs SAPO