a dignidade da diferença
20 de Setembro de 2008

 

Agora que, por causa do dispensável musical Mamma Mia!, tanto se voltou a falar dos ABBA, apeteceu-me voltar a ouvi-los. Como me acontece, aliás, ocasionalmente. O que vou propor é uma maneira diferente de escutar o grupo sueco. Os ABBA pela voz da soprano Anne Sofie Von Otter. A opinião pode não ser unânime (e, no fundo, que importa?) mas o momento é sublime. E se ajudar a ultrapassar uns quantos preconceitos em relação à banda, tanto melhor.

 

Anne Sofie Von Otter - Like an angel passing through my room

 

 

publicado por adignidadedadiferenca às 02:09 link do post
O Jorge Silva Melo escreveu a dizer que isto é uma aberração eh eh.

Eu gosto mais da Otter a cantar Schumann!

E olha que gira que é a Otter...
Manuel a 20 de Setembro de 2008 às 03:05
A opinião do Jorge Silva Melo é tão importante como a de qualquer outro escriba. Por acaso, é uma pessoa que admiro. Quanto à Von Otter, também gosto mais dela a cantar outras coisas, nomeadamente Strauss e Kurt Weill. A ideia foi só mostrar que há «malta» da música erudita que respeita e aprecia os ABBA. Ah, e o disco onde ela canta isto, com o Costello, é magnífico. Um dos raros exemplos em que a associação de uma voz erudita a canções populares produz mais valia musical.
Concordo inteiramente contigo. Mesmo assim o cd da Otter sobre o Schumann é o meu preferido. Comprei em promoção aqui em Viana numa loja de discos que fechou e que pôs n cenas a saldo. Acho que levei os cds de jazz todos...na altura tinha recebido umas massas eh eh. Mas comprei aos poucos, e notei que ninguém comprava os cds de jazz, só levaram um do Coltrane...
Manuel a 20 de Setembro de 2008 às 22:10
Ah ah ah. Acho que devias investigar quem foi o tipo que levou o Coltrane.
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
22
28
29
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
Pelo tema, enquadra-se nela sem grande esforço...
Fausto n e da tetralogia. Mas dolce. Q trata do du...
Parece-me uma boa escolha. O som é bom e a qualida...
blogs SAPO