a dignidade da diferença
27 de Maio de 2008

The devil is a man (em complemento do que vem aqui)

 

Pois bem, a promessa estava feita: chegou a vez de me dedicar a um dos maiores génios do blues que, segundo reza a lenda, vendeu a alma ao diabo em troca de umas mãos novas para tocar guitarra.

Não sou nada influenciável por estas coisas, mas, apreciando o resultado final que o pacto deixou, não custa muito acreditar.

Uma obra curta (29 blues), mas que entra directamente na mitologia da América e dos seus poetas. Para ouvir sempre: The complete recordings. Um nome suficiente para alimentar todo o blues e que influenciou músicos de jazz, bluesman e  muito do rock'n'roll dos anos 60 (essencialmente).

 

Aqui ficam dois dos exemplos supremos da arte de cantar o blues.

 

Me and the devil blues

 

Crossroads

publicado por adignidadedadiferenca às 00:09 link do post
Também tenho em cd!! Há uma foto dele que já pus no blog muito boa "at crossroads waiting for the devil"...
Manuel a 27 de Maio de 2008 às 13:49
Tenho que ir aí ver
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
20
26
31
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
Pelo tema, enquadra-se nela sem grande esforço...
Fausto n e da tetralogia. Mas dolce. Q trata do du...
Parece-me uma boa escolha. O som é bom e a qualida...
blogs SAPO