a dignidade da diferença
25 de Maio de 2008

 

Blue train - John Coltrane

  

 

 

Com «Blue train» John Coltrane deu os primeiros passos, com a cumplicidade de Lee Morgan, Curtis Fuller, Kenny Drew, Paul Chambers e Philly Joe Jones, rumo a uma música simultâneamente expressiva e enérgica, com  solos soberbos e inesquecíveis «quebrados» intencionalmente pela secção rítmica, que seriam a base para uma das obras mais geniais do século XX. A sua carreira ímpar continuaria com a edição de outros discos fabulosos como, por exemplo, «Giant steps», «My favorite things» (o meu preferido) e «A love supreme». Mas foi aqui que tudo começou.

E agora, como diria José Duarte, vamos a nove minutos de jazz...

 

Moment's notice

publicado por adignidadedadiferenca às 22:11 link do post
Boa escolha !
Como talvez tenha visto no meu perfil, Coltrane é um dos meus favoritos...
Quanto ao Zé Duarte, fomos ambos co-fundadores do Clube Universitário de Jazz (mais tarde fechado pela PIDE).
Um obrigado pela sua resposta ao meu comentário de ontem e um abraço.
Transdisciplinar a 26 de Maio de 2008 às 00:14
Curiosa a sua história com o José Duarte. Mais uma que aprendi. Dediquei este espaço ao Coltrane porque o jazz estava a ficar esquecido. Fiz uma espécie de revisão da matéria dada e ainda só tinha comentado o Miles Davis. Muito pouco, claro! Mas, daqui em diante, o jazz vai acompanhar o ritmo que vou imprimindo ao blog. Um abraço.
Escolheste o melhor tema do álbum! Um dos primeiros cd's de jazz que comprei.

Volto a dizer o que uma vez disse ali no Homem Que Sabia Demasiado: disseram-me que na capa do álbum o Coltrane tem uma seringa nas mãos...será quase imperceptível mas está lá...claro que não sei se é verdade ou mais um mito urbano..
Manuel a 26 de Maio de 2008 às 13:26
E foi uma sorte! Já me aconteceu ir à procura daquilo que pretendo mostrar e não conseguir sacar nada.
A história da seringa +e capaz de ser verdade. Que o Coltrane tem qualquer coisa enfiada nos lábios, não deixa margem para dúvidas. E não me parece que esteja a beber sumo por uma palhinha. Mas como não estive lá a assistir...
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
20
26
31
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
Pelo tema, enquadra-se nela sem grande esforço...
Fausto n e da tetralogia. Mas dolce. Q trata do du...
Parece-me uma boa escolha. O som é bom e a qualida...
blogs SAPO