a dignidade da diferença
31 de Julho de 2008

 

The Mandé Variations

 

 

 

Se associamos imediatamente o título do disco «The Mandé Variations» às Variações Goldberg interpretadas por Glenn Gould, principalmente pela destreza técnica e pelo virtuosismo ímpar e primoroso, comparáveis às vertiginosas mudanças de ritmo e de andamento do genial músico canadiano, ao escutarmos o belíssimo som da Kora, não é bem disso que apetece falar.

Apetece falar, isso sim, das extraordinárias e silenciosas paisagens sonoras que emanam deste álbum, da intensidade que se sente ao ouvir o músico em diálogo constante com o seu intrumento, ou da incrível abstracção e improvisação sonoras exploradas até ao seu mais ínfimo detalhe.

Apetece, tantas e tantas vezes, exaltar a comovente homenagem ao mestre Ali Farka Touré, a inventividade da cultura africana e, acima de tudo, a impossível pureza e peso de um continente que julgávamos não ser possível ouvir nos dias de hoje. Graças ao génio e às mãos de um homem só e à sonoridade imaculada de um instrumento sublime.

Afinal, ainda é possível ver o tempo a passar devagar. Directamente para a lista do que 2008 nos ofereceu de memorável, naturalmente.

 

 

publicado por adignidadedadiferenca às 23:40 link do post
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
17
21
22
23
24
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
blogs SAPO