a dignidade da diferença
26 de Maio de 2012

 

 

Após ter colocado o conceito de inteligência emocional na ordem do dia, revelando a sua importância e o seu sentido no magnífico O Erro de Descartes, António Damásio, distinto e premiado neurologista, regressa, com O Sentimento de Si, ao estudo da emoção e do sentimento, amplia o seu conhecimento, caracteriza as suas funções, os mecanismos, e estabelece um novo paradigma para a sua representação. Mas o livro vai muito mais longe pois Damásio não se fica por aqui; à luz de uma perspetiva neurobiológica, investiga e aprofunda a consciência humana como fenómeno absolutamente pessoal e distinto da mente, e combina-o com a construção cerebral de padrões mentais para um determinado objeto relacionada com o sentido do si no ato do seu conhecimento. Reflete, em suma, sobre a finalidade da consciência, busca-lhe o significado, esclarece as consequências que traz para o relacionamento humano e avalia os seus méritos e limites. Se os temas que o autor traz à colação já merecem, por si só, ser destacados, mais assinalável é conseguir fazê-lo numa linguagem tecnicamente precisa e intuitivamente poética. Uma obra admirável, de partilha e responsabilidade mútua entre o autor e o seu leitor - nesse sentido, um livro de Damásio tem sempre uma natureza sinalagmática -,  que pode ser lida, agora, em paralelo com o mais recente e igualmente notável Poeira da Alma, de Nicholas Humphrey.

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
17
18
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
blogs SAPO