a dignidade da diferença
15 de Abril de 2012

 

 

Wes Montgomery, músico de Indianapolis, falecido em 1968, foi, com Charlie Christian e Django Reinhardt, um dos mais importantes guitarristas da história do jazz que, como praticante, definiu o som e ampliou o significado do instrumento como motor estético do jazz. Echoes of Indiana Avenue, publicado há dias, fornece alguns dados à fase inicial da carreira de Montgomery, quando este praticava o seu talento musical nos clubes noturnos da cidade natal, onde desenvolve o seu estilo singular; e contém gravações desconhecidas realizadas durante os anos de 1957 e 1958. Aí se revela uma maturidade estética e musical já bastante apreciável, um modo muito peculiar e precioso de tocar o instrumento, digno de um mestre, substituindo o uso da palheta pelo polegar, uma fusão subtil de estilos e géneros musicais, moldando-os a uma forma única, nova e sedutora, e, por fim, tão ou mais importante, um espírito criativo capaz de incluir em todos os números musicais uma quantidade imparável de prodigiosas e emocionantes improvisações sonoras. Um disco fabuloso.

 

Round Midnight 

amo-o de paixão. fiquei eléctrica! tenho de o encontrar.
sem-se-ver a 15 de Abril de 2012 às 12:27
(encontrado e ouvindo. obg : )
sem-se-ver a 15 de Abril de 2012 às 14:14
Ainda bem É aproveitar. :-)
Tenho em cd o Django (fnac), o Christian (este comprei na cdgo) e o Wes (aqui em Biana).
Manuel a 15 de Abril de 2012 às 15:23
Descobri esta mina ontem, tem mesmo os discos:

http://www.britjazz.blogspot.pt/
Manuel a 15 de Abril de 2012 às 15:28
Thanks. :-)
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
17
18
19
20
21
23
24
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
É falso que o fenómeno tenha ocorrido no preciso m...
Acho que você é quem deveria pensar pela sua cabeç...
Experimente ler "Fátima, Milagre ou Construção?, u...
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
blogs SAPO