a dignidade da diferença
07 de Maio de 2011

 

Parcerias Público-Privadas (PPP), o paradigma da velha máxima: o Estado assume todos os riscos, os privados ficam com os lucros. Não há quem trave a fundo mais esta pouca-vergonha nacional? Não por acaso, cada vez encontramos mais razões para não sentir um especial orgulho pelo facto de termos nascido aqui; um sentimento que Sérgio Godinho, num momento de notável inspiração, esclareceu no seu magnífico disco de estreia, Os Sobreviventes (1971): «Vim / ao mundo por acaso / em Portugal, não tenho pátria / sou sozinho e sou da cama dos meus pais». Fiquem, a propósito, com este vídeo simples, mas exemplar na forma como ajuda a compreender algumas coisas. Nesta matéria, a música é outra...

 

 

publicado por adignidadedadiferenca às 19:50 link do post
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
16
18
19
20
22
24
25
26
27
28
30
31
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não consigo vislumbrar uma ligação directa entre a...
Parece-me que existe uma grande crise de valores e...
Não me parece que a crise de valores ou os valores...
Muito bem! Embora nos dias de hoje e na sociedade ...
Certo; tudo bem que existissem questões políticas ...
Já tive o livro, de facto. Contudo, foi mais ou me...
CaroEstou a procura do livro fatima nunca mais mas...
Não deixa de ser um belo aforismo...
O que é a vida, senão um turbilhão de pensamentos ...
Pelo tema, enquadra-se nela sem grande esforço...
Fausto n e da tetralogia. Mas dolce. Q trata do du...
Parece-me uma boa escolha. O som é bom e a qualida...
blogs SAPO